Sistema informatizado apresenta ganhos financeiros e humanos para a logística de medicamentos no Pará

Em 7 anos os resultados já apresentam mais de 70% de redução no tempo de distribuição dos medicamentos, além da diminuição para menos de 1% em perdas de materiais e medicamentos.

O Grupo UniHealth Logística Hospitalar, em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), implantou em julho de 2013 processos informatizados exclusivos e inovadores, com o objetivo de otimizar o uso de recursos públicos e o controle em tempo real da entrada e saída de insumos médicos. Os processos informatizados aperfeiçoaram o fluxo e o armazenamento de medicamentos e materiais médicos, garantindo rastreabilidade de remédios e insumos, desde o recebimento até o uso pelo paciente.

Os processos são realizados por equipe de especialistas em logística contratada e capacitada pelo Grupo UniHealth em cada unidade de saúde, com o apoio de um software especializado, e são supervisionados pelos servidores dessas unidades. O ganho humano e social neste aspecto também já se consolidou como um ponto de extrema importância. As primeiras unidades a usufruir dessa logística foram as Unidades de Referência e os Centros de Atenção Psicossocial do Estado do Pará. Hoje o sistema já está implantado e funcionando em toda rede do Estado.

Com a implementação dos processos informatizados de gestão e logística do Grupo UniHealth, baseado num sistema de automação própria, a estrutura de armazenagem e otimização de espaço para o estoque dos medicamentos e materiais médicos abriga atualmente mais de 55 milhões de unidades.

A rastreabilidade, que é um dos grandes diferenciais dos projetos da UniHealth, garante ao Estado a dispensação correta e controlada, bem como auxilia na redução de descartes, reduzindo o desperdício de medicamentos e materiais médicos. Um processo que auxilia o governo e os cidadãos.

A informatização também possibilitou a geração assertiva de relatórios analíticos, que comprovam a eficiência e eficácia da logística aplicada, bem como a diminuição em 99% das perdas de materiais médicos e medicamentos no novo Centro de Distribuição da SESPA.

A separação dos medicamentos realizada através de equipamentos de automação, conhecido como PDA, mostram significativo aumento da produtividade, já que ele atua como um gestor de tarefas distribuindo automaticamente as atividades entre os operadores e controlando as etapas dos processos a fim de que cada ação seja realizada no menor tempo e com a maior qualidade possível, sendo capaz de compartilhar informações com computador, via internet e wi-fi. Com isso, o prazo para atendimento de requisições reduziu de 7 dias para 48hs.

Outro ganho oferecido pelos processos informatizados é a transparência de dados, já que o sistema de gerenciamento da logística apresenta informações em tempo real para consulta. Aviso sobre consumo, estoque e validade dos produtos disponíveis em todas as unidades, bem como a necessidade de reabastecimento/compra.

Para Domingos Fonseca, Presidente do Grupo UniHealth, os resultados demonstrados na ponta do processo são de extrema importância para a contextualização do nosso processo logístico nos setores público e privado de gestão de medicamentos e insumos relacionados. “O projeto para a SESPA é mais um case em que todos ganham: nós, o governo e a população”, afirma.

O trabalho no Estado pode ser visto de perto por qualquer cidadão e já referência para outros Estados como um serviço eficaz que promove cidadania, respeito e transparência com um dos mais importantes setores da Sociedade: a saúde.

Como Podemos Ajudar?

Fale com um de nossos consultores e saiba como o Grupo Unihealth pode transformar a logística de medicamentos e hospitalar da sua instituição. Estamos prontos para atendê-los.

Quer uma economía de até 60% nos seus custos com logística?