Economia, controle de estoque e mais segurança para o paciente são alguns dos benefícios percebidos com o investimento

Por que Investir em Logística Hospitalar?

Os insumos médicos são responsáveis pelo segundo maior custo nas instituições de saúde, perdendo apenas para a folha de pagamento e, em muitos casos, são responsáveis por 50% das receitas.

Portanto, requerem rígido controle de compra, de armazenagem e de distribuição. Além disso, precisam estar ancorados em sistemas automatizados de rastreamento, a fim de que sejam evitados desvios, desperdícios e não cobranças.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o custo associado aos erros de medicação em 2017 foi estimado em US$ 42 bilhões por ano ou quase 1% do total das despesas de saúde globais.

Para além dos resultados financeiros, a especialização em logística, com foco na área da saúde, aumenta a segurança assistencial, reduzindo erros de administração de medicamentos e garantindo, inclusive, o gerenciamento das notificações. Os erros de medicação causam pelo menos uma morte todos os dias e prejudicam aproximadamente 1,3 milhão de pessoas anualmente apenas nos Estados Unidos.

Além de toda a economia percebida, deixar a logística nas mãos de uma empresa especializada permite a concentração de recursos e esforços dos gestores hospitalares na atividade-fim de suas instituições: atender o paciente

Otimização de Recursos

Hoje, com o avanço tecnológico e a aplicação real da logística hospitalar 4.0 na íntegra de todos os nossos serviços, garantimos a otimização de recursos, sejam eles espaços, pessoas, financeiros, entre outros que impactam diretamente na saúde econômica das instituições e na melhor entrega de serviços ao paciente.

A automação gera otimização e maior controle dos processos, tornando-os mais eficientes e eficazes, garantindo mais produtividade e uma melhor relação custo-benefício.

Exemplo disso são as nossas tecnologias proprietárias e agregadas, com interfaces desenvolvidas pelo nosso time de inovação e que você pode ler no item inovação e tecnologia.

40% redução de estoque e capital imobilizado;
30% redução de quadro laboral;
15% redução no valor em compras;
10% ganho de área hospitalar.

Fonte: Dados históricos dos nossos clientes.

Segurança do Paciente

Todas as infraestruturas ofertadas pelo Grupo UniHealth estão alicerçadas em garantir a segurança e a qualidade assistencial no atendimento aos pacientes.

Segundo o 8º. Boletim de Farmacovigilância de 2019, os erros de medicação podem chegar a 56% nos estudos em que os pacientes são monitorados mais cuidadosamente.

Ainda em 2019, quase 3 milhões de medicamentos passaram por recall, segundo o Boletim Recall em Números do Ministério da Justiça e da Segurança Pública. Dada essa situação, o controle de lotes, da data de validade e até mesmo dos pacientes que fizeram uso de um determinado produto é essencial para garantir a identificação de pessoas que foram expostas a insumos inadequados.

Nosso WMS1, desenvolvido e testado há anos por muitas organizações, permite o controle dos insumos em toda a cadeia logística, garantindo:

  • Rastreabilidade dos medicamentos e insumos de saúde por meio de Datamatrix2;
  • Dispensação serializada unidose, ou seja, o insumo separado será de uso exclusivo de determinado paciente, respeitada às especificidades da prescrição, dando segurança de administração à equipe assistencial e, principalmente, ao paciente;
  • Alertas em tempo real de erros de administração, além de todo o registro de não conformidades e eventos adversos, geralmente tratados fora dos ERPs3.

Redução de Custos

Anualmente no Brasil cerca de 20% dos remédios comprados por hospitais públicos e privados são desperdiçados. São listados como desperdício:

  • Armazenagem inadequada; 
  • Falta de planejamento de ressuprimento orientado à demanda; 
  • Gerenciamento efetivo dos prazos de validade; 
  • Roubo, furto, extravio, quebra, erro de técnica de manuseio/diluição, planejamento de agenda de administração (diluições); 
  • Descarte de medicamentos não utilizados; 
  • A não aderência a tratamentos pelos pacientes; 
  • O não uso de genéricos; 
  • Erros de prescrição e de administração. 

Essas oportunidades reforçam a necessidade de uma gestão logística focada no gerenciamento dos insumos em toda a cadeia.

Glossário

  1. WMS (Warehouse Management System) – São os sistemas de gestão de armazenagem das empresas.
  2. Datamatrix – Padrão bidimensional que consiste em “células” ou pontos em preto e branco dispostos em um padrão quadrado ou retangular, também conhecido como matriz.
  3. ERPs (Enterprise Resource Planning) – é o sistema utilizado pelas empresas para gerenciamento do maior número de processos de forma integrada.

 

 

Como Podemos Ajudar?

Fale com um de nossos consultores e saiba como o Grupo Unihealth pode transformar a logística de medicamentos e hospitalar da sua instituição. Estamos prontos para atendê-los.

Quer uma economia de até 60% nos seus custos com logística?